Junior Malta trabalhou nos principais filmes da retomada do cinema nacional.

Iniciou sua carreira cinematográfica em “Central do Brasil” como "Assistente de iluminação", seguiu sua trajetória realizando diversos trabalhos.Em “Tropa de elite” ocupava a posição de "Gaffer" ambos os filmes premiados com o Urso de Ouro no Festival de Berlim, os únicos que o Brasil possui até hoje.

Conta com experiência em mais de quarenta longas-metragens, com grande participação no processo criativo da imagem.